Passe o mouse na imagem para ver detalhes + Ampliar
  • Cód: 9788531610035

A ciência de Leonardo da Vinci

Fritjof Capra
BRL 58.00 por R$ 58,00  
Descrição: "Fritjof Capra, o aclamado cientista e autor de clássicos como O Tao da Física, nos mostra neste seu novo trab Saiba mais

Descrição

"Fritjof Capra, o aclamado cientista e autor de clássicos como O Tao da Física, nos mostra neste seu novo trabalho como Leonardo da Vinci trouxe ao universo científico uma perspectiva única ao abordá-lo com seu olhar de artista. Com base no exame das mais de seis mil páginas e 100 mil desenhos que restam dos cadernos de anotações do gênio renascentista, Capra revela que ele foi, sob muitos aspectos, o verdadeiro pai da ciência moderna.
O trabalho científico de Da Vinci foi praticamente desconhecido ao longo de sua vida e, embora o mestre tenha deixado volumosas anotações repletas de descrições detalhadas de seus experimentos, magníficos desenhos e extensas análises de suas descobertas, ainda hoje há surpreendentemente poucos livros sobre sua ciência. Além disso, Capra constatou que a maioria dos autores a analisou através de lentes newtonianas, o que, acredita, lhes tenha dificultado a compreensão da essência holística da sua natureza.
Filho ilegítimo, nascido num vilarejo da Toscana em 1452, Leonardo não teve uma educação clássica, fato que o libertou das convenções intelectuais de sua época e permitiu que ele desenvolvesse sua própria abordagem empírica da ciência. Fritjof Capra relaciona sua afinidade intelectual com a ""perspectiva multidisciplinar"" de Da Vinci frente à ciência, que ""reconhece a interdependência de todos os fenômenos da natureza"" - uma visão que o autor considera particularmente relevante para os dias de hoje.Ao escrever ""A Ciência de Leonardo da Vinci"", Capra teve como objetivo apresentar uma visão coerente do método científico e das realizações do mestre do Renascimento e avaliá-las da perspectiva do pensamento atual. Ele acredita que isso não apenas nos permitirá reconhecer na sua ciência um corpo sólido de conhecimento, mas também mostrará por que ele não pode ser entendido sem sua arte, nem sua arte sem a sua ciência."